• Hoje é: terça-feira, abril 24, 2018

Balas usadas para matar Marielle pertencem ao mesmo lote utilizado em chacina em Osasco

Atlas da Violencia
portalregiaooeste
março16/ 2018

Uma reportagem veiculada no site do Jornal Extra da Globo, aponta que a munição utilizada para matar a vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Pedro Gomes, fazia parte do lote UZZ-18, usado nos crimes cometidos nas cidades de Osasco, Barueri, Itapevi e Carapicuíba, no ano de 2015. Na época foram mortas 23 pessoas no que é considerada a maior chacina do Estado de São Paulo. Três PMs de São Paulo e um guarda municipal foram condenados pelos crimes.

Em nota, a Polícia Federal abriu um inquérito para apurar “a origem das munições e as circunstâncias envolvendo as cápsulas encontradas no local do crime”. De acordo com a nota, “a Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro e a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro reiteram o seu compromisso de trabalhar em conjunto para a elucidação de todos os fatos envolvendo os homicídios da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Pedro Gomes, ocorrido na noite da última quarta-feira, no Rio de Janeiro”.

Marielle e seu motorista foram mortos a tiros, na noite da última quarta-feira, no Estácio, Centro do Rio. A principal linha de investigação da Polícia Civil é de que tenha sido uma execução.

 

big banner