• Hoje é: domingo, setembro 23, 2018

Audax elimina o São Paulo e avança às semifinais do Paulistão

Audax elimina
portalregiaooeste
abril18/ 2016

Um domingo para entrar na história do esporte de Osasco. Assim pode ser definido este 17 de abril. Jogando no estádio prefeito José Liberatti, o Rochdalão, o Osasco Audax venceu o São Paulo por 4 a 1, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

O resultado é histórico por vários motivos. Primeiro, porque fez o time melhorar ainda mais sua campanha já inédita na competição, garantindo vaga às semifinais. Também porque marcou a segunda vitória, na mesma temporada, da equipe de Osasco sobre um dos grandes do futebol de São Paulo (antes disso, já havia batido, na fase de classificação, o Palmeiras por 2 a 0). Além disso, foi ainda a primeira vitória, na história do time, sobre o São Paulo, após duas goleadas, nas duas edições anteriores do Paulista, por 4 a 0.

Na semifinal do campeonato, o Audax vai enfrentar o Corinthians, que eliminou o Red Bull Brasil no último sábado, por 4 a 0. O único jogo será realizado na Arena Corinthians, em data a ser definida pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Já o São Paulo volta a sua concentração para o duelo contra o The Strongest na próxima quinta-feira pela Copa Libertadores.

O primeiro tempo foi bastante corrido e com muitas oportunidades de gol. Após salvar o São Paulo em duas oportunidades, o goleiro Dênis não teve o que fazer aos 26 minutos. Ytalo arriscou de longe, a bola desviou em Rodrigo Caio e entrou no cantinho. Na sequência, Michel Bastos desarmou Bruno Silva e a bola ficou com Calleri, que invadiu a área e tocou na saída de Sidão, deixando tudo igual.

O São Paulo por muito pouco não virou com o argentino, mas Sidão fez boa defesa com os pés. Aos 41 minutos, Ytalo recebeu lançamento de Yuri e finalizou de primeira. Dênis foi pego de surpresa e não conseguiu fazer a defesa.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Velicka cobrou falta na trave e Mike aproveitou o rebote para fazer o terceiro do Audax. Dez minutos depois, Juninho aproveitou rebote de Dênis e ampliou. O time de Osasco ainda acertou a trave com Mike. Sem mostrar poder de reação, o São Paulo quase diminuiu nos minutos finais. Thiago Mendes invadiu a área e chutou na saída de Sidão, mas a bola saiu ao lado da trave.

Ao final da partida, o uruguaio Lugano, do São Paulo, reconheceu a superioridade do time de Osasco. “Eles jogaram muito ofensivos e muito abertos. Foram mais objetivos e mais práticos. Acabaram merecendo o placar”, afirmou. Ganso seguiu na mesma linha. “É triste sair nas quartas de final. O time sente o desgaste físico, mas isso não é desculpa. Infelizmente, eles foram melhor que nós”, analisou.
Do lado de Osasco, o goleiro Sidão recusou o rótulo de um dos heróis do jogo, mesmo diante dos dribles que deu no atacante Calleri. “O maior craque de nosso time é o conjunto mesmo”, afirmou. Já Yuri resumiu a partida. “O São Paulo estava engasgado. Foram duas derrotas por 4 a 0. Mas nosso time vem se preparando bem e fez em campo o que treinou. Além disso, jogamos com alegria. Não tem como ser diferente dentro de tempo”, completou.

big banner