• Hoje é: quinta-feira, julho 19, 2018

As novas tecnologias da informação, mídia e sociedade brasileira

Curso do sindicato dos Bancários
portalregiaooeste
julho05/ 2018

No dia 25 de junho, foi realizada em Osasco, a décima nona aula do curso “Brasil: Política, Economia e Sociedade no Século XXI”, promovido pela Subsede da CUT-SP em Osasco, em parceria com o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. O tema da aula foi as tecnologias da informação, mídia, sociedade e Estado no Brasil, e foi desenvolvido pelo jornalista Renato Rovai, fundador e editor da Revista Fórum.

Rovai faz um paralelo entre as transformações que ocorreram na mudança da sociedade agrária para a sociedade industrial, a atual mudança que está em curso no mundo globalizado com a passagem da sociedade industrial para a sociedade informacional, baseada nas novas tecnologias, no uso do computador e da internet. Como ocorreu na época da revolução industrial, também agora assistimos uma transformação profunda, que altera a relação do homem com o espaço e o tempo.

Segundo ele estamos vivendo uma verdadeira mudança de Era. Assim, apesar das velhas estruturas ainda existirem, aos poucos o novo vai se impondo. Esse novo mundo é caracterizado por mudanças aceleradas na estrutura do capital e do trabalho, com novas formas de produção, que utilizam cada vez mais modernas tecnologias, que facilitam a vida humana, mas também retiram empregos. A informatização e o uso de computadores para quase tudo, a internet, as redes sociais e a robótica, caracterizam essa fase pós-industrial. Como exemplo dessas aceleradas transformações, a informatização dos sistemas bancários, o carro sem motorista, as moedas virtuais, as compras pela internet, o Big Data, os algoritmos e a inteligência artificial, que praticamente comandam os nossos interesses e desejos.

As profundas mudanças que ocorreram nas formas de organização e funcionamento dos meios de comunicação de massa, especialmente a partir do surgimento do computador e da internet, facilitaram a produção de conhecimento e a difusão de informações e notícias. “Vivemos hoje uma explosão de veículos de comunicação digitais, sites, blogs e redes de notícias a serviço da imprensa tradicional, mas também da imprensa alternativa” destaca o jornalista.

Segundo Rovai nos últimos anos, em diversos países, as sociedades tem se organizado e se mobilizado via internet para defender os direitos sociais. Setores da elite, rica e conservadora, de direita, usam a favor de seus interesses as novas possibilidades tecnológicas, “foi isso que ocorreu nas manifestações de 2013 no Brasil e em diversos países do mundo” explica. Critica a postura do judiciário brasileiro que, para ele, em sua maioria faz o jogo da direita.

“As novas tecnologias da informação mudam as relações de pertencimento e a produção de conteúdo e conhecimento. Está aberta uma nova disputa, entre a direita e a esquerda, pelos sentidos do mundo e as novas formas de organização das sociedades. Os setores intelectuais e de esquerda se organizem mais, pra ocupar o espaço virtual, para fazer a disputa política e ideológica na internet e combater as notícias falsas, no Brasil e no mundo”, finalizou Rovai.

As aulas do curso, abertas aos interessados, são realizadas semanalmente das 19h as 22hs, no auditório da sede do Sindicato dos Bancários em Osasco, na Rua Castelo Branco, 150.

big banner