• Hoje é: sexta-feira, agosto 17, 2018

Febre Amarela, como as cidades estão agindo para imunizar a população

Osasco segue sem doses suficientes para imunizar a população

Foto: Câmara dos Deputados
portalregiaooeste
janeiro17/ 2018

Osasco

A cidade não está classificada como área de risco
A Prefeitura Municipal ampliou o número de unidades de atendimento que disponibilizam a vacina, de dois para seis pontos de vacinação. Segundo o secretário de Saúde, José Carlos Vido, a cidade não possui vacinas suficientes para toda a população, ou seja, a grande maioria dos quase 700 mil habitantes, não terá acesso à imunização. Ainda segundo o secretário, foram solicitados novos lotes da vacina ao governo Alckmin que não liberou ainda. A Secretaria da Saúde tentará fazer a triagem entre os que procuram se imunizar, para vacinar apenas moradores de Osasco e pessoas que irão viajar. Já foram imunizadas, aproximadamente, 47 mil osasquenses. Há registro da morte de um jovem de 27 anos, que pode ter contraído febre amarela, durante férias em Mairiporã, na Grande São Paulo.

Cotia

A cidade não está classificada como área de risco
A Prefeitura já realizou uma intensa campanha de vacinação durante os meses de novembro e dezembro de 2017 nas unidades de saúde do município. Agora retomou a intensificação da ação de bloqueio contra a febre amarela disponibilizando a vacina contra a doença em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), de segunda a sexta-feira, e no SAE/CTA, às quartas e sextas-feiras, das 8h às 17h. Esclarece que a intensificação não tem prazo para terminar e, até o momento, mais de 60% da população de Cotia já está imunizada contra o vírus. A Secretaria de Saúde orienta a população que, sendo possível, procure uma UBS com menor demanda para evitar grandes filas.

Carapicuíba

A cidade não está classificada como área de risco
Desde novembro de 2017, a Prefeitura de Carapicuíba intensificou a vacinação contra febre amarela nos bairros Parque Flórida, Ana Estela, Novo Horizonte, Vila Helena, Fazendinha, Planalto, Jd. Marilu, Jd. Maria Beatriz e Aldeia, inclusive com mutirões aos fins de semana. Segundo a Prefeitura já foram imunizadas mais de 90 mil pessoas. Não há nenhum caso registrado da doença. A vacinação está restrita apenas para pessoas que vão viajar para áreas de mata e moradores dos bairros citados. Os locais de vacinação são: Plaza Shopping, UBS Parque Flórida, Vila Helena, Ana Estela e Novo Horizonte, com distribuição de senhas, às 8 horas e início da vacinação a partir das 10 horas.

O Ministério da Saúde adverte que a febre amarela é transmitida por mosquitos a pessoas não vacinadas em áreas de mata. A vacinação é recomendada para pessoas que habitam ou visitam áreas com risco da doença.

Sobre a morte de macacos em Cotia
Na última semana, a Secretaria de Saúde recebeu o resultado da análise das mostras coletadas em primatas (macacos) encontrados mortos em Cotia, quatro deram resultado positivo para a Febre Amarela, de acordo com o Instituto Adolf Lutz. Apesar dos resultados, não há motivo para pânico entre a população e nem para hostilidades contra os macacos. Cotia não tem a confirmação de nenhum caso de febre amarela em humano contraída no município.

Os macacos também são vítimas e muito sensíveis ao vírus, por isso morrem mais rápido.

A febre amarela é transmitida por uma espécie de mosquito e não por macacos
A febre amarela é transmitida por uma espécie de mosquito e não por macacos
big banner