• Hoje é: segunda-feira, novembro 20, 2017

59% dos moradores de Osasco acham que Rogério Lins NÃO cumpre o que promete

Imagem de Rogério Lins
portalregiaooeste
novembro13/ 2017

59% dos moradores de Osasco acham que Rogério Lins NÃO cumpre o que promete e 57% acham que ele NÃO trabalha muito.

PESQUISA EM OSASCO – 2ª ETAPA

Na semana passada o Portal da Região Oeste publicou uma primeira etapa da pesquisa realizada em Osasco nos dias 28 e 29 de outubro passado pelo Instituto Scenso com o objetivo de avaliar a administração da cidade, a imagem do prefeito Rogério Lins e as perspectivas para 2018. Nessa primeira etapa a pesquisa mostrou que 68% dos moradores da cidade NÃO confiam em Rogério Lins; 56% desaprovam a maneira como Rogério Lins está governando; 40% acham que o prefeito Rogério Lins está fazendo um governo ruim/péssimo; 76% acham que NÃO houve renovação e 78% avaliam como ruim/péssimo o serviço prestado pela Prefeitura na área da saúde.

Hoje apresentamos a segunda etapa da referida pesquisa que mostra como o cidadão de Osasco avalia os atributos pessoais do Prefeito Rogério Lins.
Vale lembrar que a pesquisa foi dividida em 6 (seis) regiões e levou em conta a divisão etária, sexo, escolaridade e renda. Foram aplicados 600 questionários e tem uma margem de erro de 4%.

Segunda Etapa

A pesquisa descobriu que 57% dos osasquenses acham que o prefeito Rogério Lins NÃO trabalha muito; 59% acham que ele NÃO cumpre o que promete; 47% acham que ele NÃO é honesto e 49% que Rogério Lins NÃO é sincero. Por outro lado, há atributos pessoais positivos reconhecidos pela população. 49% acham que ele é humilde; 43% que é boa pessoa e 51% que trata bem as pessoas.

Veja o quadro:

Pesquisa Scenso_Osasco_out2017.xls

Esses dados, analisados conjuntamente com os anteriormente apresentados, mostram uma administração sofrível e um prefeito com imagem em rápida deterioração.

Provavelmente no balanço desse primeiro ano do governo Rogério Lins deve preponderar uma avaliação de que as coisas não vão bem. Exatamente nas áreas mais sensíveis e criticadas pela população (saúde, segurança, obras, zeladoria, etc) o prefeito não mudou nada.

Agrava a situação ao aproximar do mês de dezembro. Nesse mês Rogério Lins completará um ano de sua prisão. Muita gente lembrará a data e a oposição, que começa a adquirir corpo na cidade, certamente fará algo para relembrar o feito, ou seja: a prisão do prefeito que diz que iria renovar a cidade de Osasco.

A atual pesquisa ainda não captou o significado do domínio da administração por parte do ex-prefeito Francisco Rossi, que manda em 2 secretarias e que administrará quase 700 milhões no próximo ano (cerca de 30% do orçamento da cidade) e do PSDB que domina 5 secretarias da Prefeitura.

big banner