• Hoje é: segunda-feira, setembro 24, 2018

Polícia encontra fábrica de cigarros e prende 13 pessoas em Cotia

Cigarros
portalregiaooeste
maio27/ 2016

A Polícia Civil descobriu uma fábrica clandestina de cigarros em Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo. Na operação, foram presos 13 homens e apreendidos 100 mil maços e 100 mil unidades de cigarros, além de duas toneladas de tabaco. Parte do esquema funcionava ainda na cidade de Cotia.

Após investigações, policiais do 8° Distrito Policial (Brás) organizaram a operação e se dividiram em duas equipes para cumprir dois mandados de busca e apreensão nos endereços averiguados. O primeiro local, na Rua José Manoel de Almeida, em Vargem Grande Paulista, se tratava de um imóvel de dois pavimentos onde funcionava a fábrica. Na parte térrea da casa havia uma máquina, aparentemente usada para a reciclagem de materiais, e um alojamento. No outro pavimento do imóvel, que fica na parte inferior, os policiais encontraram 12 homens, entre mecânicos, motoristas e operadores de máquina com idades de 41 a 64 anos. O grupo trabalhava na produção de cigarros no local, que tinha até tratamento acústico.

Os maços, o tabaco, oito máquinas industriais, seis caixas de selos e papéis utilizados na confecção dos cigarros foram apreendidos pelos agentes, além de computadores e 16 celulares. Os homens foram detidos em flagrante.

A outra equipe foi até a Avenida Eid Mansur, no Jardim Mediterrâneo, em Cotia, também na Grande São Paulo. No local, funcionava uma gráfica que produzia a embalagem dos cigarros fabricados em Vargem Grande. Os policiais foram atendidos por um impressor de 40 anos, que se identificou como um dos proprietários do imóvel. Durante buscas, os agentes encontraram diversos materiais impressos para os cigarros. No momento em que a equipe cumpria o mandado, as impressoras da gráfica produziam embalagens de cigarros de uma marca paraguaia. O impressor foi detido em flagrante. Os materiais e diversos documentos foram recolhidos no local para análise.

Tags:
big banner